in

Ausência de vendas online prejudica a Primark

As vendas numa base comparável da Primark contraíram, pela primeira vez, em 16 anos, sobretudo no seu principal mercado, o Reino Unido. Segundo os analistas, esta descida está relacionada com a ausência de vendas online.

A faturação na mesma base de lojas diminuiu, em termos homólogos, 2%. Este comportamento alarmou os analistas, que afirmam que o facto de não ter negócio online está a afastar a Primark dos consumidores mais jovens, conquistados por outros operadores, como a Asos ou a Boohoo, de acordo com o Financial Times.

Por várias vezes, a casa-mãe da cadeia, o grupo ABFoods, argumentou que o modelo de preços baixos e elevada rotação eleva os custos da venda online e que se pode vender mais barato em loja do que através da Internet.

Publicidade

Alibaba quer entrar na Polónia

Gillette anuncia parceria global com FC Barcelona