in

Amazon quer compras ditadas pelo horóscopo

Foto Shutterstock

“Querido Peixes, este mês de abril tens de ser mais claro no que queres e pedi-lo de forma direta e amável, sem te preocupares em incomodar ninguém. Podes praticar a comunicação clara e o cumprimento de desejos no Amazon Restaurants”.

Não estamos a brincar. Esta é uma das mensagens de Anna Katz, a astróloga que todos os meses escreve o horóscopo dos subscritores do serviço Amazon Prime. Aos mesmos nativos de Peixes, em março era proposto comprar algo com Alexa, em fevereiro algum dos produtos exclusivos Prime e em janeiro um livro de culinária.

De acordo com o El País, desde novembro passado que a Amazon envia esta newsletter aos seus clientes norte-americanos. Em cada uma, a astróloga percorre cada signo do zodíaco e as suas necessidades para o mês em curso, que podem ser satisfeitas com algum dos seus serviços.

A Amazon procura, assim, tirar proveito de uma “indústria” em forte crescimento nos Estados Unidos. Um artigo da Fast Company dá conta que, em 2018, os norte-americanos gastaram 2.200 milhões de dólares em serviços místicos. Recentemente, foi lançada uma startup que se apresenta como a primeira marca global para os Millennials que procuram este tipo de informação, a Sanctuary, que já arrecadou 1,5 milhões de dólares.

Publicidade

Publicidade

Blockchain ganha impulso nos maiores supermercados mundiais

Grupo Nabeiro entra no capital da Zone Soft