in

378 colaboradores do Grupo Jerónimo Martins concluem 9.º e 12.º anos de escolaridade

Este ano, 378 colaboradores do Grupo Jerónimo Martins concluíram a equivalência ao 9.º e 12.º anos de escolaridade, ao abrigo do Programa Aprender e Evoluir, criado pelo grupo em 2007.

Os diplomas foram entregues pela presidente da Agência Nacional para a Qualificação e Ensino Profissional, pelo presidente do Conselho de Administração e administrador delegado do Grupo Jerónimo Martins e pelos diretores gerais do Pingo Doce, Recheio, JMRS e Hussel, numa cerimónia que decorreu no passado dia 15 de outubro, no Fórum Braga.

31 colaboradores alcançaram a equivalência ao 9.º ano e 347 ao 12.º ano. Destes 378 colaboradores, 32 integraram o programa, em edições anteriores, com uma escolaridade inferior ao 9 a.ºno e obtiveram, agora, equivalência ao 12.º ano. “Acreditamos que é a valorização do talento das nossas pessoas que permite que as companhias cresçam de forma sustentada. Foi por isso que criámos, há 12 anos, o Programa Aprender e Evoluir, que já possibilitou a mais de três mil colaboradores retomarem e progredirem os seus estudos, obtendo equivalências aos 9.º e 12.º anos de escolaridade”, afirma Marta Maia, diretora de Recursos Humanos do Grupo Jerónimo Martins.

O Programa Aprender e Evoluir foi criado pelo Grupo Jerónimo Martins, ao abrigo da iniciativa Qualifica do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social e do Ministério da Educação. No âmbito deste programa, o Grupo Jerónimo Martins colabora atualmente com mais de 20 Centros Qualifica.

Publicidade

Publicidade

IQOS começa a ser vendido nos EUA

Adidas converte-se na primeira marca a vender calçado através do Snapchat