in

Well’s decide comercializar apenas máscaras com nível de proteção máxima

Dado o atual contexto epidemiológico de elevado risco que o país atravessa, a Well’s, marca especializada em saúde e bem-estar, decidiu comercializar apenas máscaras com um nível de proteção máxima e capacidade de filtração bacteriana acima dos 94%.

Esta medida tem efeitos imediatos e visa uma maior proteção no atual contexto pandémico. Com esta medida a Well’s pretende dar acesso a todos os portugueses a máscaras com nível de filtração máxima, disponibilizando os vários tipos de máscaras garantindo sempre um nível de filtração bacteriana acima de 94%.

 

Modelos

Na Well’s, podem ser encontradas máscaras descartáveis com os modelos Cirúrgica Tipo I e II, com capacidade de filtração bacteriana igual ou acima dos 95%, e modelos FFP2 e KN95, que asseguram uma filtração acima ou igual a 94%. A marca disponibiliza, ainda, máscaras têxteis reutilizáveis Well’s e MO, com um nível de filtração igual ou superior a 95% e certificação para 100 e 50 lavagens, respetivamente, pelas entidades competentes.

De acordo com João Cília, diretor geral da Well’s, “vivemos um atual contexto pandémico que não pode deixar margem de dúvidas no que toca à nossa proteção individual. Enquanto marca especializada em saúde e bem-estar, a Well’s tomou a decisão de passar a comercializar apenas máscaras de proteção máxima, como forma de proteção de todas as famílias portuguesas”.

 

Critérios de utilização

A Well’s acredita com esta medida contribuir para uma maior sensibilização de utilização de máscaras que cumpram rigorosos critérios de filtração. Reforça ainda a importância da correta utilização da máscara, garantindo um bom ajuste na face e nariz, aliada a uma constante higienização das mãos, evitar mexer na face e cumprir o distanciamento social de dois metros.

Publicidade

teletrabalho

Teletrabalho dispara crescimento produtividade trabalhadores em 63%

Staples em parceria com a Worten

Staples chega à Worten.pt