in

Walmart em confronto com fornecedores pelas margens

Muitos fornecedores da Walmart estão a recusar a proposta da retalhista para esmagar mais as margens e um novo esquema de pagamento que, no seu entender, irá introduzir mais atrasos na liquidação das faturas, avança o Bloomberg.

A Walmart diz que as mudanças, comunicadas aos fornecedores e implementadas desde junho, têm por objetivo simplificar o relacionamento entre ambos, reduzir os custos e oferecer melhores preços aos consumidores. Mas vários fornecedores veem nesta nova política uma tentativa da Walmart reforçar as margens, de forma a mitigar os custos com o aumento dos salários dos seus colaboradores no início deste ano.

Os fornecedores queixam-se que as novas exigências irão prejudicar a sua própria rentabilidade e alguns estão a contratar advogados para reverter os novos termos. A maior retalhista do mundo enviou cartas a dez mil fornecedores em junho pedindo-lhes que paguem para utilizar os seus centros de distribuição e armazéns e pelo espaço em prateleira nos novos pontos de venda, de acordo com as cartas a que o Bloomberg teve acesso. Segundo as novas regras, a frequência dos pagamentos depende da velocidade a que ocorra a rotação do inventário.

Publicidade

Quinta Seara d’Ordens lança 20ª Vindima

El Corte Inglés necessitará de mais capital externo para financiar expansão internacional