in ,

Walmart processa a Tesla

A Walmart entrou com uma ação contra a Tesla num tribunal de Nova Iorque, acusando-a de negligência e quebra de contrato, depois de se incendiarem vários painéis solares nos telhados das suas lojas.

Especificamente, a gigante de distribuição global dirigiu essa ação legal contra a Tesla Energy Operations, divisão de energia renovável da Tesla e responsável pela instalação e manutenção desses painéis solares.

Esta é uma ação por incomprimento de contrato derivada de anos de negligência grave e falta de conformidade com os padrões da indústria pela Tesla em relação aos painéis solares que a Tesla desenhou, instalou e se comprometeu a operar e manter com segurança nos telhados de centenas de lojas Walmart“, diz o processo.

O documento lembra que, entre agosto de 2012 e novembro de 2018, foram registados incêndios em sete lojas da Walmart por causa dos sistemas de painéis solares instalados pela Tesla. Essas reclamações ocorreram em estabelecimentos localizados nos estados da Califórnia, Ohio e Maryland.

No entanto, o alarme na empresa de retalho aumentou depois de quatro desses incêndios serem registados em apenas oito meses – entre março e novembro de 2018. Nesse sentido, a Walmart lembra que existem mais de 240 lojas que possuem sistemas fotovoltaicos instalados, operados e mantidos pela empresa de Elon Musk.

Em maio de 2018, ficou claro que a Tesla havia violado as suas obrigações contratuais“, disse Walmart, observando que sistemas solares adequadamente desenhados, instalados, inspecionados e mantidos “não sofrem combustão espontânea, pelo que os múltiplos incêndios que envolverem os sistemas solares da Tesla é um sinal inequívoco de negligência por parte desta“.

Minipreço celebra 40 anos

As vendas da Campari crescem