in

Vodafone no topo do investimento publicitário

Foto Shutterstock

Segundo os dados da MediaMonitor, a Vodafone Portugal liderou em fevereiro o investimento publicitário, sendo responsável por um “share of voice” de 5,5% face ao total do mercado publicitário de TV, rádio, imprensa, outdoor, cinema e Internet e de 15,5% relativamente ao total dos 20 maiores anunciantes do mês.

A Procter & Gamble foi segunda, sendo responsável por 2,8% do investimento publicitário total e por 7,7% do colocado pelos 20 maiores anunciantes do mês.

A Unilever-Fima subiu à terceira posição, com um “share of voice” de 2,7% face o total do mercado publicitário e de 7,5% face o total dos 20 mais.

No total, estes 20 maiores anunciantes foram responsáveis por 35,8% dos montantes globais do mês.

Entre os 20 maiores investidores publicitários, encontram-se oito empresas do grande consumo, quatro do sector automóvel, três da grande distribuição, três das telecomunicações e dois de outros sectores.

Os maiores investidores privilegiaram, mais do que a média, a televisão, para onde canalizaram 90,1% dos seus orçamentos. À Internet dedicaram 7,6% dos montantes e aos outros meios 2,3%.

Nos dois primeiros meses do ano, a maior fatia do investido a preços de tabela foi dirigida à televisão, com 83,3%. A Internet captou 7,3% dos montantes totais, a imprensa 3,9%, cabendo 5,5% aos restantes meios analisados.

Publicidade

Publicidade

Vendas da Ferrero Ibérica crescem 4,3%

Consumidor 3.0: o mais preparado e criterioso de sempre