in

Vinho celebra 30 anos de colaboração de Fernando Moura com a Adega de Monção

O vinho Alvarinho Deu-La-Deu Fernando Moura celebra os 30 anos de colaboração de Fernando Moura com a Adega de Monção.

Não há melhor forma para homenagear um enólogo do que ele próprio fazer o vinho que leva o seu nome no rótulo. São 30 anos que aqui ficam registados, uma vida dedicada a fazer bons vinhos e a elevar o nome da Adega de Monção”, afirma Armando Fontainhas, presidente da direção da adega.

Fernando Moura

O Alvarinho Deu-la-Deu Fernando Moura resulta da junção de três alvarinhos numa produção limitada a 3.031 garrafas, que resulta da simbologia “30 anos, 3 vinhos, 1 vida”, como se pode ler no rótulo. Com 300 garrafas de 1,5 litros, a 37 euros cada, 31 garrafas de três litros a 65 euros, e 900 caixas de três garrafas de 75 centilitros, a 19 euros cada garrafa, este vinho destina-se aos enófilos.

Fernando Moura, enólogo com mais de 40 anos de vindimas, reconhece que “este vinho lhe deu um prazer especial a fazer, mas, acima de tudo, uma enorme responsabilidade, pois não podia deixar ficar mal nenhum dos que comigo colaboraram na feitura deste vinho. Sim, porque tudo começa na vinha e na qualidade da uva e acaba aqui, num processo em que são muitas as pessoas envolvidas. Eu sou apenas mais uma”.

O vinho, à venda em lojas especializadas, tem “notas de pólvora seca e uma robustez que lhe permite ser servido a acompanhar uma entrada de queijos ou patés, mas igualmente uma carne mais pesada, uma posta de uma das nossas maravilhosas carnes ou mesmo um cordeiro que ,por norma obriga, a vinhos mais robustos”, refere Fernando Moura.

O enólogo de 67 anos deu os primeiros passos no mundo dos vinhos ainda pequeno, ao acompanhar o seu pai, viticultor em Basto. O destino estava traçado, tendo frequentado o Curso Superior de Agronomia, em Lisboa, durante os anos de 1975 a 1980. De então para cá, foi toda uma vida dedicada ao vinho, iniciando, em 1989, a sua ligação à Adega de Monção a convite de José Emílio. Foram mais de 150 milhões de litros de vinho que passaram pelas suas mãos, sem contar com todos os que foram vinificados nos produtores onde também é consultor. De referir que, atualmente, são mais de 15 os produtores a quem dedica o seu saber.

Publicidade

Nestlé abre loja de alimentos onde se paga por reconhecimento facial

Fairy estabelece parceria com o MasterChef Portugal