in

Vendas de whiskey escocês crescem 10,8% no primeiro semestre

As vendas de whiskey escocês aumentaram 10,8%, para 2,19 mil milhões de libras (2,44 mil milhões de euros) no primeiro semestre de 2019, de acordo com um relatório da IWSR com base em dados da Scotch Whisky Association (SWA).

O volume de exportações de whiskey escocês aumentou 7,1%, para 598 milhões de garrafas de 70 centilitros nesse período, mostraram dados.

A popularidade dos single malts continuou a crescer, com as exportações a crescer 18,8%, para 652 milhões de libras (727 milhões de euros), nos primeiros seis meses de 2019, representando 30% do valor de todos os whiskey escoceses enviados para o exterior. As exportações de blended cresceram 7,5%, para 1,35 mil milhões de libras (1,5 mil milhões de euros) no período.

A presidente-executiva da SWA, Karen Betts, disse que a demanda por whiskey escocês está a testemunhar uma tendência ascendente em mercados em desenvolvimento como a Índia, bem como em mercados estabelecidos, como EUA, Japão e Alemanha.

No entanto, a SWA também apontou que o aumento nos embarques de whiskey escocês durante o primeiro semestre pode fazer parte de medidas de armazenamento em antecipação do Brexit.

Consumo global

Segundo as previsões da IWSR, o consumo global de whiskey escocês deve chegar a 103,1 milhões de caixas de 9 litros em 2023, contra 95,3 milhões em 2018.

O diretor de pesquisa da IWSR Drinks Market Analysis, Humphrey Serjeantson, comentou: “Embora os blended ainda representem a maior parte, os malts crescerão a uma taxa mais rápida (4,1% vs 1,2%), mostrando que os consumidores em todo o mundo estão cada vez mais dispostos a pagar mais à medida que aprendem sobre a variedade de single malts em oferta e à medida que se tornam mais instruídos sobre como o whiskey é produzido”.

Enquanto os volumes totais deverão declinar na Europa nos próximos cinco anos, o crescimento nas Américas e na Ásia-Pacífico será mais do que suficiente para compensar“.

O crescimento geral do volume em whiskey entre 2018 e 2023 está previsto em 1,6% CAGR, disse o relatório.

Crescimento da Lego impulsionado pelo mercado chinês

Ikea testa loja sem dinheiro na Holanda