in

Vendas da Walmart beneficiam de uma procura sem precedentes

Imagem Shutterstock

A Walmart anunciou que a “procura sem precedentes” de produtos essenciais durante a pandemia, que a obrigou a contratar 235 mil colaboradores no mercado norte-americano, levou a um forte crescimento das suas vendas.

A maior retalhista do mundo, por volume de vendas, detalha que o papel higiénico, os desinfetantes e os alimentos contribuíram para que as suas vendas comparáveis crescessem 10% no último trimestre. De acordo com Doug McMillion, CEO da empresa, em duas ou três horas, a Walmart vendia o que normalmente demoraria dois ou três dias.

 

Entretenimento, educação e artigos de desporto na vanguarda

Após as compras iniciais para abastecer de produtos essenciais, os clientes direcionaram os gastos para o entretenimento, educação, e artigos de desporto. O gestor detalha que os videojogos e as bicicletas são duas das categorias de melhor desempenho. As vendas de máquinas de costura também se elevaram, já que os clientes optaram por fabricar as suas próprias máscaras. Os norte-americanos também aproveitaram para gastar os cheques-estímulo disponibilizados pelo Governo em produtos que vão desde os brinquedos aos televisores.

Publicidade

Brand Footprint

Mimosa, Compal e Gresso são as marcas mais escolhidas em Portugal

Sprout World

Menos produtos made in China, menos plástico