in

Vendas da BSH crescem 11%

A BSH Hausgeräte GmbH (BSH) concluiu o exercício de 2015 com uma faturação de 12.600 milhões de euros, quase 11% mais que em 2014.

Todas as regiões, categorias de produto e marcas do grupo com sede em Munique contribuíram para aquele que foi, segundo a empresa, o melhor exercício fiscal da sua história. “2015 foi o melhor ano na história da BSH. Estamos muito orgulhosos disto, em particular porque não só conseguimos manter o crescimento de anos anteriores, como o melhorámos”, sublinha Karsten Ottenberg, presidente do Conselho de Administração da empresa. No mercado europeu, o grupo reforçou a sua liderança e aumentou a faturação em 7,7%.

De acordo com o gestor, os resultados do ano passado estão em linha com os objetivos de crescimento a longo prazo de alcançar 20 mil milhões de euros em 2025. “Para alcançar este objetivo, continuaremos a adequar-nos, de forma sistemática, às necessidades dos consumidores em todos os mercados. Isto aplica-se especialmente às novas soluções na era conectada”.

No ano passado, a BSH investiu 450 milhões de euros em investigação e desenvolvimento, um valor que cresceu 20,6% face a 2014 e representa 4% das vendas. Grande parte deste investimento foi alocado às soluções conectadas, como a Home Connect, que permite aos utilizadores controlar diferentes eletrodomésticos de distintas marcas através de uma única app. No final de 2015, esta solução já estava disponível na Alemanha, Áustria, França, Holanda, Luxemburgo e China e prevê-se que chegue a 25 países antes do término deste ano.

Publicidade

Publicidade

Gateway lança gama de novos safers para bens de consumo

Smartphones modificam hábitos de compra dos consumidores