in

Vendas a retalho crescem 4,6% na Europa

Imagem Shutterstock

Em maio, o volume do comércio a retalho aumentou 4,6%, tanto na zona euro como no conjunto da União Europeia, comparativamente a abril, indicam os dados do Eurostat.

Em abril, este indicador tinha diminuído 3,9% na zona euro e 3,6% na União Europeia. Em comparação com o mesmo mês de 2020, o volume do comércio a retalho, ajustado dos efeitos de sazonalidade, aumentou 9% na zona euro e 9,2% na União Europeia.

Na zona euro, em maio, comparando com abril, o indicador aumentou 8,8% para os produtos alimentares e 8,1% para os combustíveis, ao passo que diminuiu 0,2% nos alimentos, bebidas e tabaco.

Entre os Estados-membros dos quais existem dados disponíveis, os maiores aumentos, face a abril, registaram-se em França (9,9%), nos Países Baixos (9,3%) e na Estónia (8,1%). Já as maiores descidas observaram-se na Letónia (-3,9%), na Finlândia (-3,3%) e no Luxemburgo (-0,7%).

 

Comparação anual

Face a 2020, na zona euro, o volume do comércio a retalho aumentou 28,4% nos combustíveis, 14,8% nos produtos não alimentares e 0,1% nos alimentos, bebidas e tabaco. Na União Europeia, o indicador cresceu 25% nos combustíveis, 15% nos produtos não alimentares e 0,3% nos alimentos, bebidas e tabaco.

As maiores subidas foram verificadas na Bulgária (23,9%), na Irlanda (22,4%) e em Malta (22%). A única descida foi registada na Alemanha (-0,9%).

Publicidade

Taco Bell

Taco Bell lança uma nova proteína vegetal, a Veggie Mix

SeuSabor

SeuSabor quer pôr os portugueses a comer o verdadeiro pão de queijo