Carros de Bueyes
in

Unlock Wines traz para Portugal vinhos de Monterrei

É uma das cinco Denominações de Origem (D.O) da Galiza e a mais pequena de toda a Espanha. Portugal acaba de receber mais dois exemplares do terroir de Monterrei e das suas duas castas pilares: Godello e Mencía.

Este é o mais recente projeto desvendado pela Unlock Wines, distribuidora de vinhos apresentada em 2020. Depois da estreia no mercado nacional dos vinhos produzidos por John Malkovich, Les Quelles de La Coste, Nádia Moreira, fundadora do projeto, aponta agora para a região de Monterrei, localizada no sudeste da província de Ourense e muito próxima da fronteira com Portugal, em Chaves.

 

Terroir

O particular terroir desta pequena denominação, constituída pela bacia do Rio Tâmega, que forma um vale delimitado por alinhamentos montanhosos, é caracterizado por um microclima continental e mediterrânico, influenciado pelo Oceano Atlântico, e três tipos de solos: xisto, com grande impacto nos vinhos tintos, de cor cereja, frutados e sedosos; graníticos e arenosos, com pH baixo, para a produção de vinhos brancos de aromas intensos, frescos e equilibrados; e sedimentares, que conferem complexidade devido à variedade de matéria que detêm.

É aqui que se desenvolvem duas castas que têm conquistado a atenção de apreciadores de todo o mundo: nos brancos, a Godello (Gouveio, em português), e, nos tintos, a Mencía (que conhecemos pelo nome de Jaen). Foi também aqui, mais concretamente em Oimbra, que o produtor Lagar de Pintos adquiriu uma pequena propriedade para dar vida a um projeto antigo: criar dois vinhos que expressassem todo o potencial deste terroir, com um perfil jovem e moderno.

 

Gama

O primeiro exemplar é o Carros & Bueyes Godello 2019, um branco de cor citrina-esverdeada e perfil assumidamente marcado pela casta que lhe dá origem: aromas intensos a fruta tropical, bom volume de boca, frescura e equilíbrio que acompanham toda a prova. Estagiou cinco meses em cubas de inox, o que lhe conferiu uma agradável estrutura e complexidade. Um branco que revela todo o seu potencial quando acompanhado por pratos de sushi, vegetarianos e carnes brancas.

Numa outra abordagem à região, o Carros & Bueyes Mencía 2019 afirma não apenas o terroir, mas sobretudo uma casta outrora esquecida e secundária. A sua versatilidade permite-lhe criar vinhos que podem ser desfrutados desde já ou com potencial de guarda. Este vinho é marcado pela cor cereja-negra, pelos aromas intensos a mirtilos e amoras. No paladar é sedoso e elegante, para acompanhar carnes grelhadas ou receitas da cozinha italiana.

DeCacau

Os chocolates “bean to bar” da DeCacau

portugueses

Retail parks revelam-se formato de retalho com maior resiliência face à pandemia