in

Toshiba vai vender negócio de chips

A administração da Toshiba aprovou os planos para tornar o negócio de chips de memória numa empresa separada e procurar investimento externo, com o objetivo de evitar ficar lesada pela futura redução de capital no seu negócio nuclear nos Estados Unidos da América.

Esta será apenas uma das muitas escolhas difíceis que o conglomerado japonês deve tomar, uma vez que os lucros vão cobrir apenas parte dos custos num negócio de construção recentemente adquirido no mercado norte-americano. O negócio de chips de memória da Toshiba é responsável pela maior parte do seu lucro operacional.

A Toshiba pretende vender cerca de 20% deste negócio por mais de 1.765 milhões de dólares. Os potenciais investidores incluem empresas de private equity, o parceiro de negócios Western Digital Corp e o Banco de Desenvolvimento do Japão, segundo fontes.

A empresa está a apressar-se para terminar a venda até ao final do ano financeiro em março, porque o insucesso significará provavelmente que o património  acionista – reduzido para apenas 3 mil milhões de dólares após um escândalo de contabilidade em 2015 – seria destruído.

Mark Newman, analista da Sanford Bernstein em Hong Kong, disse que a mudança seria apenas uma solução de curto prazo.

Publicidade

Fnac assina um acordo sobre o trabalho ao domingo

Quatro empresas preparam propostas para comprar a Weetabix