in

Target na lista de compras da Amazon?

Depois da Whole Foods Market, a Target poderá ser a próxima grande aquisição da Amazon, garante o analista tecnológico e cofundador da Loup Venture, Gene Munster.

Em declarações ao Internet Retailer, o analista indica que o negócio poderá concretizar-se ainda este ano. “A Target é o parceiro offline ideal para a Amazon por duas razões: partilha os grupos demográficos e é uma empresa gerível”, assinala Gene Munste, que acrescenta que tanto a Amazon como a Target focam-se nas mães e nas famílias, pelo que é fácil encontrar vantagens na combinação de ambas.

Não obstante, mesmo que o acordo prospere, a Walmart continuará a ter maior quota de mercado que a combinação de Amazon e Target.

Os analistas indicam ainda que a Amazon poderá estar também interessada noutros negócios fora do sector do retalho. No mês passado, Ken Leon, consultor na CFRA, afirmou que a gigante do e-commerce poderá comprar um banco de pequena ou média dimensão este ano.

Publicidade

Um em cada cinco portugueses consome sidra

Cushman & Wakefield prevê novo ano excecional para o imobiliário comercial