in

Sustentabilidade influencia decisões de compra

Foto Shutterstock

Seis em cada 10 consumidores são influenciados pelas questões de sustentabilidade, no momento de fazer as suas compras, segundo um estudo da Círculo Fortuny e da Bain & Company. Este parâmetro é cada vez mais importante e está em crescimento: desde 2018, as pesquisas no Google de palavras relacionadas com sustentabilidade cresceram 75%.

A pandemia acelerou esta tendência, convertendo a sustentabilidade num elemento-chave para qualquer sector. O estudo destaca o sector do luxo e da gama alta como um dos mais consciencializados na matéria, mas também como um dos mais impactados, já que a moda representa 25% das emissões de gases com efeito de estufa, a nível mundial.

 

Fator diferencial

A Círculo Fortuny considera que, dentro de cinco anos, a sustentabilidade será o fator diferencial que distinguirá os líderes. Mas trata-se de uma sustentabilidade a 360 graus, que envolve, para além do meio ambiente, os colaboradores, os clientes, os fornecedores e as comunidades locais onde as empresas desenvolvem a sua atividade.

No último ano, as marcas e empresas agrupadas no Círculo Fortuny reduziram, em média, 20% as suas emissões de dióxido de carbono. 40% já não utiliza nem pesticidas, nem herbicidas químicos nas suas produções.

Publicidade

comércio

Portugal com o maior aumento das vendas a retalho na Europa

E-commerce alimentar

E-commerce está a mudar o modo como o retalho europeu persegue o crescimento rentável