in ,

Spotify adquire dois gigantes de podcasts

O Spotify anunciou a aquisição de duas empresas de media: Gimlet Media Inc., a rede de podcast e empresa de media digital fundada por Alex Blumberg e Matthew Lieber, em 2014, e Anchor, uma aplicação de produção de podcasts que permite aos utilizadores produzir e distribuir podcasts.

As ofertas de podcast da Gimlet incluem os programas “Reply All”, “Crimetown”, “StartUp” e a colaboração da revista New York “The Cut on Tuesdays”. Anchor, de acordo com o comunicado de imprensa, planeia “trazer a sua plataforma de ferramentas para podcasts a criadores de conteúdo e a sua base de criadores estabelecida e em rápido crescimento” para o Spotify, que introduziu, pela primeira vez, podcasts na sua plataforma em 2015.

Num post no blog intitulado “Audio-First”, o CEO do Spotify, Daniel Ek declarou acreditar que, a seu tempo, “mais de 20% de toda a audição do Spotify será não musical”. Assim, as aquisições “acelerarão significativamente o caminho do [Spotify] para se tornar na principal plataforma de áudio do mundo“.

 

O Spotify registou o primeiro lucro operacional trimestral na quarta-feira, dia 6 de fevereiro, impulsionado por uma forte margem bruta e um crescimento mais lento do que o esperado, mas alertou para uma perda em 2019 e emitiu previsões modestas que dececionaram os investidores.

O serviço de streaming de música pago, que disse priorizar o crescimento em detrimento da rentabilidade, apresentou vendas no quarto trimestre em linha com as expectativas e viu um crescimento na maioria dos seus mercados.

A empresa, que tinha uma margem de lucro bruto de 26,7% no quarto trimestre, espera que isso se deteriore para 22,5%-24,5%, no primeiro trimestre de 2019, e para 22%-25% em 2019, em comparação com as expectativas dos analistas de 26% para o ano.

 

Operando em quase 80 países, o Spotify informou que o seu número total de utilizadores, incluindo o de serviços apoiados por anúncios, cresceu para 207 milhões em 2018.

Publicidade

Oracle tem novo Country Manager em Portugal

BP, EDP e Pingo Doce juntam-se para dar descontos aos clientes