in

Sentimento económico com subida mensal recorde

Foto Shutterstock

O sentimento económico recuperou cerca de 30% das quebras registadas em março e abril, devido à pandemia da Covid-19, ao assinalar, em junho, uma subida mensal recorde na zona euro e na União Europeia (UE), segundo dados da Comissão Europeia.

Em junho, o sentimento económico aumentou 8,2 pontos para os 75,7 na zona euro e 8,1 pontos para os 74,8 na União Europeia, de acordo com os dados divulgados pela Direção-Geral dos Assuntos Económicos e Financeiros. Estas são as maiores subidas mensais registadas até agora em ambas as áreas.

 

Avanço nas cinco maiores economias

O sentimento económico avançou nas cinco maiores economias da zona euro, com maior expressão em França (9,4 pontos), seguindo-se a Holanda (8,3), Espanha e Itália (8,2 ambas) e Alemanha (6,6).

O indicador de expectativas de emprego, por seu lado, subiu também pelo segundo mês consecutivo, com um avanço de 12,7 pontos para os 82,8 na zona euro e de 11,9 para os 82,7 na União Europeia.

Em maio, o sentimento económico tinha já subido 2,7 pontos para os 67,5 na zona euro e 2,9 pontos para os 67,5 na União Europeia, com as expectativas de emprego a crescerem, nesse mês, 11,2 em ambas as zonas, para os 70,1 pontos nos países da moeda única e 70,8 nos 27 Estados-membro.

Publicidade

Lipton

Vários interessados na compra da Lipton

MAR Shopping Matosinhos

Comprar no MAR Shopping Matosinhos sem sair do carro