in

Selligent aponta Mobile Marketing como solução para manter contacto com os consumidores no novo normal

Dispositivos móveis ocupam 3 horas e 6 minutos do dia de um consumidor

Foto Shutterstock

O ambiente do consumidor mudou e os dispositivos móveis são já o principal canal para a pesquisa de produtos, inspiração, interação com marcas e conversão. Atualmente, o consumidor passa três horas e seis minutos do seu dia no seu telemóvel, o que corresponde a mais 23 minutos do que se previa antes da pandemia e mais de 40 minutos do que há dois anos. A nível mundial verifica-se um aumento de 70% na utilização deste dispositivo eletrónico.

Os dados são avançados pela Selligent que, com o objetivo de ajudar as empresas a manter ou maximizar o relacionamento com os seus consumidores, lançou o “The 2021 Selligent Mobile Marketing Guide”.

 

E-commerce

Em 2020, assistiu-se ao elevado crescimento do e-commerce, com um aumento das vendas online na Europa de 16,9%, um valor muito acima das previsões anteriores, que rondavam os 8,8%. “O telemóvel constitui um elemento-chave nesta transformação, sendo que uma grande maioria dos adultos tem agora preferência por comprar através do seu smartphone. Estes dados revelam mudanças estruturais no comportamento de compra do consumidor, transformações essas que, de acordo com os especialistas, tendem a tornar-se permanentes ao longo dos próximos anos”, nota a Selligent.

A nível mundial, o gasto publicitário total sofreu uma redução de 4,9%, no ano passado, o que, em comparação com as previsões pré-Covid, representa uma alteração abrupta, uma vez que se esperava uma subida de 7%. Contudo, o gasto em publicidade digital, em que o telemóvel assume a liderança, seguiu o caminho oposto, alcançando um crescimento de quase 2,4%. “Estes números demonstram que o sector do marketing está a responder à notável tendência de colocar o telemóvel no centro das experiências omnicanal dos clientes”.

 

Guia

Com este guia, a Selligent Marketing Cloud partilha números que confirmam estas tendências e vem reforçar a importância do Mobile Marketing como peça central da estratégia de relação com os consumidores, nesta nova realidade.

As cinco estratégias de marketing digital para impulsionar o “engagement” dos consumidores através dos dispositivos móveis são alinhar a arquitetura de dados para a obtenção de uma visão global; otimizar o alcance da estratégia “mobile” com recurso a dados específicos sobre os consumidores (elementos como o histórico de compras, as preferências pessoais ou a localização geográfica permitem aos marketers criar experiências personalizadas, de um para um); recorrer à inteligência artificial para transformar dados dos consumidores em “engagement”; desenhar experiências online e offline (num contexto em que os consumidores começam as transações em casa e visitam as lojas físicas para terminar o processo, as empresas precisam cada vez mais de criar experiências omnicanal) e assegurar a relevância da comunicação em situações específicas.

De acordo com a Selligent, o futuro do Mobile Marketing no novo normal pertence às marcas que consigam construir perfis de consumidores baseados em dados em tempo real e que direcionem as suas estratégias para um alcance omnicanal através de plataformas de marketing integradas. “Fomentar a confiança dos consumidores e obter as permissões para os acompanhar nas suas jornadas de cliente em dispositivos móveis é também crucial, não só nesta nova normalidade, como no futuro que a mesma está a desenhar”.

Publicidade

Heinz monodose

Escassez de ketchup nos Estados Unidos obriga Kraft Heinz a aumentar produção

DHL

Grupo Deutsche Post DHL alcança resultados recorde e prevê crescimento continuado em 2021