in

Segurança é o atributo preferido em qualquer veículo

Foto Shutterstock

Para a grande maioria dos automobilistas, há um conjunto de características que definem o que é um automóvel ideal e somente 8% discorda desta ideia. Mas este veículo só existe, antes de mais, se for seguro (42%), característica especialmente importante para os espanhóis, sul-africanos e japoneses.

Em segundo lugar, deverá ser também confortável (34%), característica mais relevante para os condutores japoneses e brasileiros.

Para cerca de um quarto dos inquiridos do Observador Cetelem Automóvel 2020, o automóvel ideal deve durar muito tempo (29%) e ter um custo o mais baixo possível, tanto na compra como na forma de utilização, e tem de ser agradável de conduzir, características especialmente valorizadas pelos inquiridos mais velhos.

Na última posição deste top de características do automóvel ideal, a imagem e o design do carro são valorizados por 5% dos inquiridos. Os Millennials, bem como os habitantes nas áreas urbanas, são um pouco mais sensíveis que a média mundial no que se refere à importância do design.

Apenas 8% considera relevante um carro ultra tecnológico e 7% um carro de livre acesso que se paga apenas quando se utiliza.

No caso dos automobilistas portugueses, a segurança continua a ser a característica mais importante (41%, menos um ponto percentual que a média global). Adicionalmente, importam os custos reduzidos de compra e utilização (38%) e ser agradável de conduzir em viagens de longa e curta duração (31%). Os inquiridos em Portugal são também grandes adeptos do conforto (28%), de veículos ambientalmente sustentáveis (26%) e que sejam versáteis (25%).

Publicidade

Casa Relvas distinguida no BRIT/FIVS 2020 International Sustainable Winegrowing

comércio local

Serviço CTT Now no Porto e em Braga