in ,

Robots vendem produtos em loja Best Buy de Nova Iorque

Chama-se Chloe e é um grande robot que vende produtos aos clientes de uma loja Best Buy em Nova Iorque.

O retalhista de eletrónica de consumo está a testar uma nova forma de interagir com os clientes. Dentro de uma caixa de vido, um braço robótico amarelo entrega aos clientes os produtos que compraram através dos touch screens. Em meio minuto, o robot Chloe entrega o pedido do cliente. O “shopper” pode assim fazer as suas compras, desde CD’s e DVD’s a videojogos e alguns acessórios, como auscultadores e carregadores, sem interagir com nenhuma pessoa.

O quiosque tem nove touch screens, incluindo dois que estão acessíveis na entrada da loja, mesmo quando o ponto de venda está fechado. Deste modo, os clientes podem comprar os produtos no meio da noite, que lhes serão entregues pelo robot.

Para a Best Buy, isto vem permitir que os colaboradores tenham mais tempo livre para atender os clientes com necessidades mais complexas.

A máquina foi desenvolvida, durante os últimos anos, internamente, na sede da Best Buy em Richfield, com a insígnia a possuir a patente respetiva. A mesma equipa já criou mais de 200 vending machines em regime de self-service, que estão colocadas em locais de elevado tráfego, como os aeroportos. Chamam-se Best Buy Express e vende iPode carregadores de telemóveis, entre outros produtos.

Publicidade

Lidl e Biedronka dominam o mercado de vinho na Polónia

Autoridade da concorrência norte-americana adia decisão sobre a compra da Office Depot pela Staples