Riberalves
in

Riberalves apresenta Bacalhau Desfiado premium

A Riberalves apresenta uma nova proposta que vem aliar conveniência, qualidade e sabor, o Bacalhau Desfiado, pronto a cozinhar, apresentando-se como um desfiado premium, de enorme versatilidade.

O novo Bacalhau Desfiado Riberalves distingue-se por ser 100% processado a partir da espécie Gadus Morhua. As lascas de bacalhau retiradas junto à espinha de cada peixe, em processo manual, são submetidas a nove meses de cura portuguesa. “Temos já no mercado uma referência de desfiado com quatro meses de cura portuguesa, mas agora elevamos a conveniência a outro patamar de qualidade, proporcionando aos verdadeiros apaixonados por bacalhau um produto muito exclusivo, com nove meses de cura, e com esse detalhe tão importante que é ser processado a partir de uma das mais saborosas partes do bacalhau, junto à espinha”, começa por explicar Ricardo Alves, administrador da Riberalves, enquadrando o processo tradicional a que este produto é submetido.

As lascas para este desfiado são retiradas ao longo da espinha do bacalhau, manualmente, logo após o momento da escala do peixe. Toda a zona da espinha, junto ao cachaço, lombo e rabo do bacalhau, concentra mais colagénio, isto é, mais gordura e sabor. Estas lascas têm grande potencial gastronómico, pelo que entendemos processá-las separadamente e com a melhor cura portuguesa, para que pudéssemos proporcioná-las ao mercado numa referência única”, conclui.

 

Bacalhau Pronto a Cozinhar

Os novos ritmos e necessidades das famílias desafiaram a indústria a adaptar-se, com a Riberalves a renovar, ao longo dos últimos 20 anos, uma gama de Bacalhau Pronto a Cozinhar que, hoje,  já representa 60% das vendas da empresa. “Muitas pessoas não têm tempo para demolhar ou desfiar bacalhau e a nossa obrigação é encontrar soluções para os desafios que os consumidores colocam. O bacalhau de cura portuguesa é um ícone da identidade e da história portuguesa, mas tem igualmente muito futuro. Vamos continuar a fazer tudo para defender este produto tão tradicional, valorizando-o cada vez mais, através da sua qualidade e conveniência”, termina Ricardo Alves.

pagamentos

Portugueses são dos europeus que mais temem divulgar informações financeiras

aguardente

Oppidum Ginja de Óbidos e GinT criam aguardente de ginja