in

Quinta dos Plátanos e Joaquim Arnaud apostam na Lituânia

Os vinhos do produtor de Mora, Joaquim Arnaud, e da Quinta dos Plátanos participam, entre 17 e 19 de novembro, na embaixada de produtos portugueses que vai à Lituânia.

Numa organização da Feitoria Portuguesa, a iniciativa visa aumentar os apenas 0,36% das importações de Portugal por parte daquele país do Báltico.

Joaquim Arnaud leva a Vilnus, cidade capital daquele país, as marcas Arundel, Arundel Young, Arundel Great, o Moscatel e o espumante Arnaud, enquanto a Quinta dos Plátanos faz-se representar pelo DOC Alenquer Branco e Tinto e a linha Plátanos, com a variedade Tou Noir, além do Ponto Cego, Tinto e Branco.

O objetivo destes eventos “passa por dar a conhecer ao público a fineza e as propriedades do nosso azeite, o incomparável sabor e textura dos nossos vinhos e a ancestralidade característica que tem o fabrico dos nossos queijos e charcutaria”.

A par da Feitoria Portuguesa, este evento conta com a organização e colaboração da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Báltica, assim como da Embaixada da República da Lituânia em Londres, estando esta destacada para Portugal.

Recorde-se que, recentemente, ambas as marcas de vinho entraram no mercado de Hong Kong, cimentando em paralelo o mercado de Macau.

Publicidade

Agri Milk Show regressa em 2017 com conceito mais alargado

Vinhos Fiuza investem um milhão de euros na área da vinha