in

Quanto relança gama de concentrados no mercado nacional

A marca Quanto relançou a sua gama de concentrados em Portugal, sob o mote “12x frescura mais duradoura”, para reforçar o posicionamento da marca no mercado. Esta aposta contempla o lançamento de novas fragrâncias e novos formatos com novo design, suportada por uma campanha de comunicação integrada, com o tema “Os momentos mais felizes cheiram a Quanto” que inclui um anúncio publicitário em televisão e ações em pontos de venda.

A gama “Flores & Pedras Preciosas” é a principal aposta da marca e sai reforçada com duas novas fragrâncias, “Âmbar & Flôr de Baunilha” e “Ametista & Íris”, ao mesmo tempo que relança “Flores Silvestres”.  O lançamento destas novas fragrâncias assenta numa campanha de comunicação integrada que contempla um anúncio em televisão recuperando o conhecido jingle “Mais nenhum tem a frescura que tem Quanto”, que ainda hoje é reconhecido pelos consumidores, e ainda ações em pontos de venda, nos super e hipermercados, com espaços secundários massivos e decoração personalizada, em perfeita sintonia com o anúncio da marca.

Quanto destaca-se como uma das marcas que mais contribui para o crescimento do segmento de amaciadores concentrados nos últimos dois anos. A aposta na inovação e em novos formatos já representa cerca de 60% das vendas da marca no último ano.

Segundo Filipa Leitão, Marketing and Trade Marketing Manager Household da RB Portugal, “a qualidade dos amaciadores Quanto é reconhecida pelos portugueses há mais de 30 anos. Pretendemos reforçar esta relação de confiança ao criar o único amaciador que oferece “12x uma frescura mais duradoura” e que tem por base a conceção de novas fragrâncias que vão ao encontro do gosto do consumidor português. Porque, afinal de contas, os momentos mais felizes cheiram a Quanto”.

Veja aqui o anúncio da Quanto:

<iframe width=”560″ height=”315″ src=”https://www.youtube.com/embed/eunLFVdusqw” frameborder=”0″ allowfullscreen></iframe>

Publicidade

Queijos Santiago lança primeiro queijo Skyr português

97% dos consumidores portugueses comparam preços antes de comprar