Projeção antevê fim da pandemia em dezembro
Imagem Shutterstock
in

Projeção antevê fim da pandemia em dezembro

Um modelo matemático realizado por uma universidade de Singapura, com base na tendência atual de casos de Covid-19, antevê o “fim teórico” da pandemia, a nível mundial, para 14 de dezembro.

O modelo matemático desenvolvido pela Singapore University of Technology and Design, citado pelas agências internacionais, prevê ainda que 99% dos casos de infeção por Covid-19 possam já ser registados, a nível global, a 21 de junho.

O modelo traça igualmente os possíveis cenários para vários países, como Espanha, Itália, França, Alemanha, Reino Unido, Estados Unidos, Brasil e México. No caso de Espanha, por exemplo, o modelo matemático analisou os dados disponíveis até 2 de maio e antevê que 97% dos casos poderão ser verificados até amanhã, 7 de maio, e 99% até 22 de maio. Assim, o “fim teórico” da pandemia em Espanha está projetado para 9 de setembro, segundo a agência de notícias espanhola EFE, que cita o estudo.

A Singapore University of Technology and Design realça, contudo, que se deve ter prudência na análise das projeções, sublinhado que o “excesso de otimismo com base em algumas datas finais expectáveis é perigoso, porque pode relaxar a disciplina e os controlos”.

As projeções, feitas com base na tendência atual dos casos, indicam ainda que o fim da pandemia em Itália e no Reino Unido será, respetivamente, para 10 e 8 de setembro. Em França e na Alemanha chegará, respetivamente, a 8 e a 14 de agosto.

Fora da Europa, o modelo matemático antevê que nos Estados Unidos, que são atualmente o país com mais mortos e mais casos de infeção confirmados, o fim será a 1 de outubro e no Brasil a 21 outubro.

Publicidade

Seis em cada 10 empresas em regime de teletrabalho

Seis em cada 10 empresas em regime de teletrabalho

Comércio a retalho com quebra acentuada na zona euro e União Europeia

Comércio a retalho com quebra acentuada na zona euro e União Europeia