in

Produtora de detergentes Biosog comprada pela Regoldi

A Regoldi, empresa de Famalicão de comércio de produtos de manutenção industrial, detida pelo Grupo Jale, comprou, por mais de dois milhões de euros, a Biosog, empresa vocacionada para a produção de detergentes e produtos de limpeza para o mercado profissional.

De acordo com o Jornal de Negócios, com esta compra, o grupo detido pelos empresários Jorge Gonçalves e Luís Rego torna-se num dos cinco principais produtores nacionais de detergentes, ao deter a Regoldi, a Biosog, a Versátil e a Intemporal.

 

Crescimento

A Biosog foi adquirida à Trivalor, com a Regoldi a ganhar, assim, a “corrida” à multinacional espanhola Proquimia. Este negócio irá permitir sustentar o seu crescimento e a expansão da sua área de atuação. De acordo com Luís Rego, em cinco anos, a Regoldi, que emprega 17 pessoas, passou de “uma ou duas centenas de milhares de euros” para 1,5 milhões, em 2019.

O gestor adiantou àquele jornal económico que vão ser investidos 500 mil euros na expansão da fábrica da Biosog, em Póvoa de Santa Iria, passando de uma capacidade produtiva de 22 para 40 toneladas. Com 13 funcionários, com esta expansão, deverão ser recrutadas mais 12 a 13 pessoas.

Luís Rego espera, com esta aquisição, fechar o presente ano com vendas de seis a sete milhões de euros e, dentro de cinco anos, consolidar uma faturação de 12 milhões de euros.

Publicidade

Unilever

Unilever será apenas britânica

Brico Depot

Brico Depôt fica em Portugal