in

Produção de laranja da União Europeia ao mais alto nível desde 2010

A produção de laranja em toda a União Europeia atingiu 6,5 milhões de toneladas em 2018, o maior nível de produção desde 2010, segundo o Eurostat, o principal órgão estatístico da União Europeia.

O aumento de volume foi sustentado por uma colheita recorde em Espanha, o maior produtor da União Europeia, que colheu 3,6 milhões de toneladas de laranjas em 2018, ou 56% do total.

Por sua vez, a Itália produziu 1,6 milhão de toneladas, ou 24% do total, enquanto a Grécia produziu 0,9 milhões de toneladas, ou 14% do total.

Cerca de 2,7 milhões de toneladas de laranjas foram exportadas pelos Estados-membros da União Europeia, avaliadas em cerca de 1,9 mil milhões de euros, sendo a maioria comercializada entre os Estados-membros.

Totais de importação

Além disso, a União Europeia importou 1,1 milhões de toneladas de laranjas, no valor de 700 milhões de euros, em 2018.

Aproximadamente três quartos dessas importações vieram da África do Sul, responsável por 43% das importações extra-UE, ou do Egito, que representou 30% do total.

Outros países que exportam laranjas para a União Europeia incluem Marrocos (8%), Argentina (4%), Zimbábue (perto de 4%), Turquia (3%) e Uruguai (2%).

Publicidade

Amazon atingiu três milhões de vendedores ativos em 2019

Ervideira fecha o ano com faturação superior a 2,5 milhões de euros