in

Priceminister torna-se Rakuten

A japonesa Rakuten decidiu acabar com a sua marca francesa Priceminister e absorvê-la na plataforma com o seu nome, à semelhança do que tinha feito com a britânica Play.com.

Desde 1 de março que os utilizadores da Priceminister são encaminhados para uma página Rakuten, onde encontram exatamente a mesma gama de produto.

Fundada em 2000, a Priceminister foi vendida à empresa japonesa em 2010, por 200 milhões de euros. A Rakuten tem vindo a adquirir uma série de plataformas ocidentais, como a Play.com no Reino Unido, a Tradoria na Alemanha e a Buy.com nos Estados Unidos da América. Após algum tempo, todas mudaram o nome para Rakuten.

A única razão para que a Priceminister tenha mantido-se tanto tempo era a sua boa reputação em França. Esta estratégia de alteração de denominação por parte da Rakuten tem por objetivo criar uma identidade de marca uniforme, que lhe permita concorrer melhor com a Alibaba e a Amazon.

Publicidade

Bruxelas aprova a compra da divisão de margarinas da Unilever pela KKR

Campari conclui o exercício de 2017 com aumento de 5,2% nas vendas