in

Presidentes da Cerealis e Delta Cafés são sócios honorários da AEP

Os empresários José Eduardo Marques de Amorim, da Cerealis, e Manuel Rui Azinhais Nabeiro, da Delta Cafés, são desde esta segunda-feira, dia 4 de julho, sócios honorários da Associação Empresarial de Portugal (AEP), que em ambos vê um “exemplo inspirador para o sucesso das novas gerações de empreendedores e empresários portugueses”.

Foi desta forma que o presidente da AEP, Paulo Nunes de Almeida, se referiu aos dois empresários na cerimónia com que a instituição assinalou os seus 167 anos de existência, durante a qual também a Associação do Corpo Consular do Porto, através do seu presidente, Luciano Coelho da Silva, recebeu o diploma de sócio honorário daquela que foi fundada sob a designação de Associação Industrial Portuense, em 3 de maio de 1849.

Com este gesto, justificou o seu presidente, a AEP quis “expressar o seu reconhecimento pela colaboração” que tem recebido de José Eduardo Amorim, de Rui Nabeiro e da associação representativa dos cônsules acreditados no Porto. Paulo Nunes de Almeida destacou, nomeadamente, o “apoio e decisivo envolvimento” dos dois empresários em projetos que a AEP levou a cabo, nos últimos anos, “para a promoção e valorização da oferta nacional e para o despertar do nosso tecido empresarial para a problemática da sucessão e da transmissão da propriedade, nomeadamente nas empresas familiares”. No que se refere à Associação do Corpo Consular do Porto, acrescentou, é hoje um “parceiro de primeira linha” da AEP, que tem dado um “contributo determinante” na operacionalização de “várias ações de internacionalização e promoção externa que levamos a cabo nos últimos anos”. A diplomacia económica “passa cada vez mais por quem está no terreno” e os cônsules com atividade no Porto “têm sabido ser protagonistas” no “reforço da cooperação empresarial e das relações económicas” entre Portugal e os países estrangeiros que representam.

Na mesma cerimónia, seis empresas receberam diplomas por 100, 75 e 50 anos de filiação associativa. Por estarem inscritas na AEP há um século, foram distinguidas as sociedades anónimas Germen – Moagem de Cereais e Oliveira Sá, associadas números 11 e 12, representadas pelos respetivos presidentes, Diogo Abreu Teixeira e José Luís Gramaxo. O empresário Paulo Sousa Couto, por seu lado, recebeu o diploma comprovativo dos 75 anos de inscrição da M. Fernandes Couto (Tintas Vedeta), associada número 99 da AEP, enquanto três empresas foram distinguidas pelos seus 50 anos de filiação associativa: a Sika Portugal – Produtos de Construção e Indústria, associada número 1.102, que se fez representar pelo respetivo diretor-geral, José Soares; Novo Banco, associado número 1.104, que manteve o vínculo associativo do Banco Espírito Santo e Comercial de Lisboa, e cujo vice-presidente, Miguel Oliveira, esteve presente; e, ainda, a Flexipol – Espumas Sintéticas, associada número 1.100, cujo representante, à última hora, não pôde comparecer.

Publicidade

Sandrine Pereira é a nova diretora comercial da Gefco Portugal

Promoções nos mercados tecnológicos bateram recordes em 2015