in ,

Pratos confecionados congelados ou refrigerados em 23% dos lares

O estudo TGI da Marktest quantifica, na primeira vaga de 2019, em 872 mil os responsáveis pelas compras do lar que referem que, nos seus lares, se consumiu pratos confecionados congelados e/ou refrigerados nos últimos 12 meses, o que representa 22,6% dos lares de Portugal Continental.

O consumo destes produtos é mais provável junto dos lares com responsáveis pelas compras mais jovens, até aos 54 anos, na Grande Lisboa ou Litoral Centro e naqueles lares que pertencem às classes sociais mais elevadas.

Os dados do TGI mostram ainda que, entre os pratos confecionados congelados ou refrigerados, a lasanha é a refeição mais consumida, seguida de rissóis/croquetes e de arroz de pato.

Já entre as marcas destes preparados congelados e/ou refrigerados, a mais consumida é a Pingo Doce, seguida da marca Continente.

Vendas da Coca-Cola afundam 25% devido ao coronavírus

Coca-Cola suspende venda das suas bebidas nas lojas Intermarché França

Nortada vai lançar uma cerveja nova todos os meses