in , , ,

Passagem de ano impulsiona bom arranque dos bens de grande consumo

Na primeira quadrissemana de 2019, os bens de grande consumo apresentaram-se especialmente dinâmicos, crescendo 5,7% sobre um período homólogo que já aumentava 1,3%. O dinamismo deste período está relacionado com a comemoração do Ano Novo, que no período homólogo não estava incluída na quadrissemana em análise pela Nielsen.

Neste período, merecem especial destaque as marcas de fabricante, que cresceram 7,4%, enquanto as marcas da distribuição aumentaram 2,4%.

A alimentação apresentou um dinamismo de 3,9% na primeira quadrissemana do ano, com especial destaque para congelados e mercearia. Neste período, as marcas de fabricante (5,4%) continuaram a crescer acima das marcas da distribuição (1,5%).

As bebidas foram a categoria mais dinâmica desta quadrissemana, com um crescimento de 15,4%. Num período que, ao contrário do homólogo, inclui a passagem de ano, as bebidas alcoólicas apresentaram uma performance muito positiva (20%). As marcas de fabricante (16,4%) cresceram acima das marcas da distribuição (10,7%).

Nas primeiras quatro semanas do ano, a higiene do lar apresentou um crescimento de 5,5%. Neste período, as marcas de fabricante e as marcas da distribuição registaram dinamismos mais próximos, crescendo 6,1% e 4,1%, respetivamente.

Já a higiene pessoal registou um crescimento de 4,3%, sobre um período homólogo que decrescia 1,5%. Ao contrário daquilo que aconteceu durante o último ano, as marcas de fabricante (5,3%) registaram agora um maior aumento do que as marcas da distribuição (1,4%).

Publicidade

Publicidade

10 tendências para o sector agroalimentar em 2019

APED estabelece compromisso com a APA para eficiente do plástico