in ,

Microsoft e Walgreens unem forças para travar o avanço da Amazon no sector da saúde

Foto Shutterstock

A Microsoft estabeleceu um acordo estratégico de colaboração com a segunda maior cadeia de farmácias norte-americana, a Walgreens, para transformar o sector do retalho da saúde.

Em comunicado, a Microsoft explica que o acordo, com a duração de sete anos, permitirá às farmácias Walgreens migrarem para o serviço cloud Azure da Microsoft. “Melhorar os resultados em matéria de saúde, ao mesmo tempo que se reduzem os custos, é um desafio complexo que requer colaboração e uma forte aliança entre as indústrias da saúde e da tecnologia”, indica Satya Nadella, CEO da Microsoft.

O movimento pode ser interpretado como uma reação aos avanços da Amazon nesta indústria. No ano passado, comprou a startup farmacêutica PillPack, o que levou à queda em bolsa de farmácias como a Rite Aid, CVS e a própria Walgreens. Além disso, anunciou um acordo com o banco JPMorgan Chase e o conglomerado Berkshire Hathaway para criar uma nova empresa nesta área. Se a Amazon prosseguir com os seus esforços neste sentido, entrará em concorrência direta com a Walgreens.

Dolce Vita Tejo com novo posicionamento como Shopping Resort

CEO da Reckitt Benckiser retira-se no final de 2019