in

Mercadona vai abrir mais quatro lojas em Portugal até ao final do ano

Loja Mercadona, na rua; Domingos Sequeira, Porto

Ovar, a 21 de novembro, São João da Madeira, a 28 de novembro, Vila Nova de Gaia, a 3 de dezembro, e Lamaçães (braga), a 12 de dezembro, irão receber as quatro lojas que a Mercadona irá abrir, até ao final do ano, em Portugal.

As datas foram conhecidas no dia em que, após a abertura das cinco primeiras lojas no país – quatro no distrito do Porto (Vila Nova de Gaia, Matosinhos, Maia e Gondomar) e uma no de Braga (Barcelos), a cadeua espanhola deu continuidade ao seu projeto de expansão no mercado nacional com a abertura, esta terça-feira, dia 29 de outubro, de uma loja na cidade do Porto, perto da estação “Casa da Música”.

A abertura desta loja possibilitou a criação de cerca de 85 novos postos de trabalho, com contratos sem termo. “Chegámos finalmente à cidade do Porto, onde muitos ‘Chefes’ nos pediram para abrir um supermercado. Esta é uma loja muito central, com boa acessibilidade, numa zona onde todos os dias passam milhares de pessoas no caminho entre as suas casas e o local de trabalho. Por isso, acreditamos que é uma loja que vai acrescentar valor ao dia a dia dos portuenses”, afirma Elena Aldana, diretora de Assuntos Europeus e de Relações Externas Portugal da Mercadona.

Este supermercado responde ao modelo de loja eficiente que a empresa está a implementar em toda a rede e conta com uma superfície de vendas de 1.900 metros quadrados e 150 lugares de estacionamento. Outro destaque deste modelo de loja é o Pronto a Comer, que em Portugal apresenta 35 opções de pratos recém-cozinhados que os clientes podem levar para casa ou comer na própria loja, numa zona de refeições exclusiva para o efeito. Além destes 35 pratos, a Mercadona oferece 205 pratos preparados como a tortilha de batata, as asinhas de frango, o risoto de cogumelos, etc.

Publicidade

Publicidade

Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo lança vinho de homenagem a Américo Amorim

Exportações do Lidl duplicam em dois anos para 148,5 milhões de euros