in ,

Mercadona assina acordo com o Banco Alimentar do Porto

A Mercadona e o Banco Alimentar Contra a Fome do Porto assinaram um protocolo de colaboração para oficializar a sua relação. Esta colaboração permite que o Banco Alimentar do Porto continue a apoiar as cerca de 350 instituições – 300 de forma regular e 50 de forma esporádica – às quais distribui produtos alimentares no distrito do Porto.

António Cândido da Silva, presidente Banco Alimentar do Porto, e Beatriz Queiroz, diretora regional de Relações Externas da Mercadona

Com o avanço do projeto em Portugal, a empresa pretende dar continuidade às suas políticas de ação social sustentável e combate ao desperdício alimentar que tem vindo a desenvolver. Desta mesma forma, a Mercadona pretende também colaborar em todas as grandes recolhas alimentares organizadas pelo Banco Alimentar Contra a Fome.

Deste modo, a empresa compromete-se a colaborar com esta instituição para aproveitar parte dos produtos que são vendidos nas suas lojas e, graças ao Banco Alimentar, fazê-los chegar às famílias mais carenciadas do distrito do Porto.

Beatriz Queiroz, diretora regional de Relações Externas da Mercadona, destaca que “este acordo marca o início do projeto de ação social, dentro da política de responsabilidade social da Mercadona, no distrito do Porto. O esforço e empenho do Banco Alimentar do Porto, numa lógica de transparência e verdade, dá-nos segurança de que esta instituição é a escolha acertada no que diz respeito à gestão dos alimentos doados”.

Continente só vende laranjas do Algarve

ASAE apreende contrafação vendida online e em estabelecimentos comerciais