in ,

Mercadona adere ao Pacto Português para os Plásticos

A Mercadona integra o Pacto Português para os Plásticos, plataforma colaborativa que pretende fomentar a economia circular dos plásticos em Portugal e evitar que estes se transformem em resíduos.

Liderada pela Associação Smart Waste Portugal, a iniciativa estabelece um conjunto de metas ambiciosas para 2025, com vista a um futuro cada vez mais sustentável, e conta com o apoio do Ministério do Ambiente e da Ação Climática, do Ministério do Mar, do Ministério da Economia e Transição Digital e com o alto patrocínio do Presidente da República.

Ao integrar o Pacto Português para os Plásticos, a Mercadona passa a fazer parte também da rede global dos Pactos para os Plásticos da Fundação Ellen MacArthur, acedendo a uma plataforma exclusiva de troca de conhecimento, aprendizagens e práticas sustentáveis em todo o mundo. “A Mercadona está comprometida com um processo de transformação a todos os níveis, não sendo alheia aos desafios que enfrenta a sociedade de que faz parte. A adesão ao Pacto Português para os Plásticos é um passo fundamental na promoção da economia circular, que se enquadra na estratégia de responsabilidade social da empresa. Esperamos, em conjunto com todas as entidades que integram a iniciativa, traçar metas concretas que garantam o uso responsável, sustentável e circular dos plásticos em Portugal”, afirma Plácido Albuquerque, diretor de Ambiente da Mercadona em Portugal.

Recorde-se que a Mercadona tem reforçado o seu compromisso com a sustentabilidade ao longo dos últimos anos. Em abril de 2019, concluiu a substituição total de sacos de plástico por outros de papel e com 50-70% de plástico reciclado em toda a rede de lojas. Para o seu fabrico, a empresa aproveita anualmente mais de três mil toneladas de plástico proveniente das embalagens depositadas e recuperadas das suas lojas.

Em 2010, a Mercadona foi reconhecida pelo lançamento de uma nova linha de produtos para o lar, elaborada pelo fornecedor SP·Berner, a partir de plástico proveniente de mantas agrícolas térmicas, o que permite reciclar duas mil toneladas de plástico por ano.

A par destas medidas, e entre outras iniciativas, destacam-se a eliminação dos microplásticos de todos os seus produtos de cosmética e cuidados pessoais, a substituição do plástico dos cotonetes por material de celulose, assim como o fabrico de embalagens de cartão com pasta extraída de cana de açúcar disponíveis na secção de pronto a comer.

Publicidade

Sonae Sierra

Sonae Sierra, APG, Allianz e Elo anunciam a criação do Sierra Prime

Qual a marca mais recordada na publicidade?