in

Mercadona abriu o supermercado de Vila Nova de Famalicão

A Mercadona abriu o novo supermercado em Vila Nova de Famalicão, na Rua António Ferreira Magalhães, junto ao Estádio Municipal de Famalicão. Esta nova loja possibilitou a criação de cerca de 65 postos de trabalho, com contratos sem termo desde o primeiro dia.

Este supermercado tem uma área de vendas de 1.900 metros quadrados, dispondo das secções de charcutaria, peixaria, pastelaria e padaria, perfumaria, talho, frutas e legumes e pronto a comer, com 41 pratos diferentes. Todas estas opções são servidas em embalagens fabricadas com materiais naturais, como a cana-de-açúcar (material compostável), cartão ou papel.

De referir, ainda, que este espaço foi concebido segundo o modelo de loja eficiente da Mercadona com corredores amplos, dispõe de uma entrada de vidro duplo que evita correntes de ar, lineares específicos de leite fresco e sumos refrigerados, mural de sushi, charcutaria com presunto cortado à faca e embalado no momento e uma máquina de sumo de laranja espremido na hora.

Esta loja dispõe de 160 lugares de estacionamento e conta com dois lugares destinados ao carregamento de veículos elétricos, ligados à rede MOBI.E, indo ao encontro do compromisso da empresa para com a mobilidade elétrica.

 

Conceito de loja 6.25

O conceito de loja 6.25 está já implementado neste novo supermercado e pretende transmitir aos clientes e colaboradores as ações que estão a ser levadas a cabo em relação à redução de plásticos e à gestão de resíduos, permitindo, deste modo, ouvir os comentários dos clientes no terreno. Este conceito está inserido na Estratégia 6.25 da empresa, que tem o triplo objetivo de, até 2025, reduzir 25% do plástico, tornar todas as embalagens de plástico recicláveis e reciclar todos os resíduos de plástico gerados nas suas instalações.

No âmbito da política de responsabilidade social da empresa, este novo supermercado doará diariamente bens de primeira necessidade à Dar as Mãos – Associação de Solidariedade Social, que funciona há mais de 25 anos e cuja missão se revelou essencial nesta pandemia, com os pedidos de ajuda a aumentarem por parte das famílias mais carenciadas.

Publicidade

Dachser

Dachser aposta na expansão da filial de Willebroek

Panidor

Panidor chega ao Minipreço com arcas próprias