in

Media-Saturn quer ampliar percentagem das vendas online na sua faturação

As vendas online correspondem a 8% da faturação total da Media-Saturn, segundo confirmou Pieter Haas, presidente de administração, ao Donaukurier.

Na Europa, a média do sector é de 14%”, disse, adiantando que o objetivo é crescer esta percentagem para 15% a 20%.

A fim de melhorar a estratégia digital, a dona da Media Markt, Saturn e Redcoon vai criar 50 pontos de venda físicos em toda a Europa. “Existe uma ressurreição do canal físico que é positiva. Há quatro anos, dizia-se que o “e-commerce” representaria 40% das vendas. Mas, como temos visto, o canal online tem os seus limites. E até os retalhistas online, como a Amazon, estão a abrir lojas físicas. Nos últimos dois anos, existia o temor de se ser ultrapassado pelo online e houve lojas que tiveram de ser encerradas. Previu-se um futuro negro para nós. E agora? Todos falam de omnicanal e multicanal. E os clientes gostam de ir novamente às lojas físicas”.

A holding do Grupo Metro dedicada ao negócio da eletrónica de consumo quer aproveitar esta “ressurreição” das lojas físicas para testar novos conceitos, como o Saturn Connect ou o Media Markt City, baseados em espaços de menores dimensões. Este último vai ser testado na Turquia e na Rússia serão abertas lojas Media Markt nos estabelecimentos Metro Cash & Carry.

A breve prazo, o grupo espera ampliar as suas operações na Rússia, Turquia e Polónia.

Publicidade

Kraft Heinz dispara vendas

Aprovada a venda da unidade de eletrodomésticos da GE à Haier