in

McDonald’s lança MacCoin para trocar por hambúrgueres

Para celebrar o 50.º aniversário do Big Mac, a McDonald’s lança a MacCoin, uma moeda global de edição limitada e a única no mundo que pode ser trocada por um hambúrguer Big Mac Original em mais de 50 países.

Em Portugal, serão distribuídas 65 mil MacCoins aos consumidores em vários pontos de Lisboa, Porto e Algarve, numa ativação que decorrerá esta quinta-feira, dia 2 de agosto, e também em passatempos nas redes sociais.

A iniciativa, que fará circular mais de 6,2 milhões de MacCoins em mais de 50 países, arranca nesta data em que se assinala também o 100.º aniversário de Jim Delligatti, o criador do Big Mac. A sanduíche é um ícone e uma das mais apreciadas pelos portugueses, facto que é comprovado por um em cada quatro consumidores que visitaram um restaurante McDonald’s, em 2017, ter consumido um Menu Big Mac. Inês Lima, diretora de Marketing e Comunicação da McDonald’s Portugal, refere que “esta é uma iniciativa global na qual o mercado português tem um papel muito importante e do qual nos orgulhamos muito. A distribuição das 65 mil MacCoins nas principais cidades, associada ao crescimento do turismo no país, vai certamente gerar muitas trocas de MacCoins oriundas de outros países pelo nosso Big Mac, em Portugal. No ano em que celebramos o 50.º aniversário da nossa sanduíche mais icónica, esta é mais uma das iniciativas na qual pretendemos comemorar com os fãs e consumidores da McDonald’s um momento importante do nosso produto mais emblemático – o Big Mac”.

O Big Mac é hoje um ícone global e dá nome ao índice económico lançado pelo The Economist, em 1986, o Big Mac Index,  calculado sobre o preço do Big Mac em mais de 100 países, tendo como objetivo medir o grau de sobre ou subvalorização de uma moeda em relação ao dólar americano. Esta conectividade global, associada à celebração do meio século da sanduíche mais famosa da marca, deram o mote à criação da MacCoin, a moeda única e global da McDonald’s que pode ser trocada por um Big Mac Original, em Portugal, e num restaurante aderente, em mais de 50 países no mundo.

A MacCoin é uma edição limitada e apresenta-se em cinco designs diferentes que celebram cada uma das décadas do Big Mac. Cada uma destas cinco moedas incorpora o símbolo do 50.º aniversário do Big Mac e, na outra face, elementos das diferentes épocas ligados à arte, à música e à cultura pop. Do movimento Flower Power, nos anos 70, à alusão à arte pop, nos anos 80, passando pelas formas arrojadas e abstratas dos anos 90 e que traduzem o design da MacCoin, o início dos anos 2000 concentrou-se especificamente na tecnologia de vanguarda na viragem do século, visível nos elementos da quinta MacCoin, representados na última década de 2008-2018.

Desde a sua criação, em 1968, que o “the greatest burger”, conforme é conhecido, mantém a mesma receita: pão com sementes de sésamo, dois hambúrgueres 100% carne de vaca, alface iceberg, cebola, queijo fundido, pickles e molho especial Big Mac. Em Portugal, três ingredientes que compõem a receita do Big Mac são portugueses, nomeadamente, a carne de vaca (PecNordeste), a cebola (Vegenat) e a alface (Vitacress).

Publicidade

Dodot lança as novas fraldas Dodot Splashers

MELOM passa a gerir os instaladores e remodeladores da Leroy Merlin