in ,

Maioria dos portugueses utiliza protetores solares

O estudo TGI da Marktest mostra que a maioria dos portugueses utiliza protetores solares, óleos solares, “after-sun” ou auto-bronzeadores. Em concreto, o estudo quantifica, na vaga global de 2020, em quatro milhões e 528 mil indivíduos que referem ter usado estes produtos nos últimos 12 meses, o que representa 52,9% dos residentes em Portugal Continental com 15 e mais anos.

Nos últimos 10 anos, o consumo deste tipo de produto sofreu pequenas oscilações, entre 57,5%, em 2011, e 52,5%, em 2019. No último ano, manteve-se em linha com os valores pré-pandemia.

 

placeholder

 

Perfil

Na análise do perfil destes indivíduos, o género é a variável mais discriminante, apresentando um consumo bastante diferenciado. Enquanto 64% das mulheres refere usar estes produtos, apenas 40,4% dos homens o indica.

As classes sociais também mostram um consumo diverso, com os indivíduos das classes mais elevadas a apresentar uma maior taxa de consumo do produto.

Em termos de idade, a maior penetração verifica-se junto dos indivíduos entre os 35 e os 44 anos.

Entre as regiões, são os residentes na Grande Lisboa que apresentam maior afinidade com este produto, seguidos dos residentes na região Sul.

Publicidade

DbyD

DbyD lança nova coleção de óculos de sol e graduados com armações sustentáveis

Royal Canin

Royal Canin apresenta nova gama de produtos Health Management