in

Lojas Media Markt são até 30% mais caras que a sua Web

A Media Markt está a aplicar em Espanha uma dupla política comercial para as lojas e para a Web, com esta a beneficiar de preços mais baixos.

Uma análise publicada pelo Economia Digital mostra que os preços nas 77 lojas espanholas são até 30% mais caros que na Internet. O jornal exemplifica com o computador Toshiba C55D-C-10P, que é vendido online a 544 euros, enquanto na loja de Alcalá, em Madrid, o preço na passada sexta-feira era de 669 euros. Para comprovar esta análise, o jornal publica uma série de imagens com os preços do produto.

Este caso não é exceção. Também o aspirador Rowenta 8324 EA está disponível online por 195 euros, mas na loja de Alcorcón custa 249 euros, 27% mais.

Segundo uma comercial da Media Markt citada pelo Economia Digital, quando se demonstra que o preço na Internet é mais barato que na loja, é devolvida a diferença. No seu entender, tratam-se de erros pontuais.

Não obstante, o preço mais baixo na Internet muitas vezes coincide com o preço da Amazon. Fonte próxima da empresa explica que, apesar de não ser uma prática exclusiva da Media Markt, sempre que a Amazon baixa os preços, a cadeia alemã faz o mesmo na sua Web, para evitar a fuga de clientes.

A causa para estas diferenças de preços pode estar na gestão autónoma das lojas Media Markt. Cada estabelecimento faz as suas compras e tem o seu próprio armazém. Apesar das diretrizes gerais, cada estabelecimento gere o seu stock e o diretor da loja fixa os preços. “Com todas as cadeias temos uma relação mais simples porque está tudo centralizado, mas com a Media Markt a gestão complica-se. Temos que negociar com cada loja isoladamente e isso leva-nos muito tempo”, explica ao Economia Digital um grande fornecedor de tecnologia.

A cadeia reconhece que existem diferenças de preço entre as lojas e a Web e até entre as várias lojas, mas assegura que se trata de uma situação que será resolvida antes do final do ano. Em teste em 13 lojas espanholas está um sistema de etiquetagem eletrónica com o objetivo que as lojas apliquem automaticamente o mesmo preço. Além disso, a filial espanhola quer importar um modelo nascido na Alemanha muito mais centralizado.

Flora com nova campanha

Bosch lança a sua própria Cloud de serviços