in

Lidl Portugal investe 150 milhões de euros em 2019

Há 24 anos em Portugal, o Lidl continua a investir na ampliação e modernização da sua rede de lojas, prevendo um investimento de 150 milhões de euros para o ano fiscal de 2019.

Atualmente com mais de 6.800 colaboradores em Portugal, 255 lojas de norte a sul do país e quatro entrepostos, distribuídos entre Norte (Famalicão), o qual será brevemente substituído pelo já anunciado entreposto em Santo Tirso, Oeste (Torres Novas), Centro (Sintra) e Sul (Palmela), só em 2018, a contribuição da empresa para o país saldou-se em 2.120 milhões de euros, representando 1% do PIB nacional, segundo dados de um estudo de impacto socioeconómico realizado pela consultora KPMG.

Para além do processo de construção do novo entreposto em Santo Tirso, um armazém semi-robotizado reforçará essa nova zona industrial. O entreposto em Torres Novas será, por seu turno, aumentado.

O Lidl prossegue ainda com o investimento na ampliação e modernização da sua rede de lojas, planeando fazer, durante este ano fiscal, cerca de 24 intervenções, incluindo novas lojas e modernizações das existentes. De março de 2019 (início do seu ano fiscal) até à data de hoje, o retalhista já abriu três novas lojas: Boliqueime, Loures-Frielas e Porto-Fernão Magalhães. De acordo com Milton Rego, administrador dos Serviços Centrais do Lidl Portugal, “a par do investimento na modernização e ampliação do nosso parque de lojas em Portugal, a reabilitação urbana é também uma prioridade. Para o Lidl, o alcance de uma loja vai para além do seu espaço físico: a construção e modernização das nossas lojas prevê ações como construção de passeios, melhoramento de vias, rotundas, ajardinamento, entre muitos outros. O Lidl integra-se numa comunidade, com a qual nos preocupamos. Preocupamo-nos em ser bons vizinhos”.

Publicidade

Publicidade

Chicco apresenta linha de casacos produzida com plástico reciclado

Entregas da Amazon passam a ser asseguradas pelos CTT