in

Lidl instala postos de carregamento em cerca de 100 lojas

Depois de, numa primeira fase, ter instalado mais de 40 postos de carregamento para veículos elétricos, o Lidl reforça agora o seu compromisso, com a cobertura de cerca de 100 lojas com postos de carregamento, até ao final de fevereiro 2022, com energia proveniente de fontes renováveis.

Numa ótica de democratização do acesso, os novos postos estarão localizados em todas as capitais de distrito, garantindo a autonomia de norte a sul do país, bem como a ligação a Espanha, exclusivamente com energia elétrica 100% verde.

Monção, Barcelos, Vagos, Famalicão, Espinho, Portalegre e Gouveia são algumas das cidades que, até fevereiro de 2022, estarão equipadas com pontos de carregamento elétrico. A estas juntam-se o Porto, Matosinhos, Vila Nova de Gaia, Maia e Figueira da Foz. No centro e a sul do país, o Lidl reforçará a sua presença em Coimbra, Sintra, Loures, Sesimbra, Seixal, Sines, Faro, Tavira e Beja, entre outras cidades.

 

Conveniência

Com uma taxa de operação de oito cêntimos por minuto, sem qualquer taxa adicional, o Lidl disponibiliza carregadores multi-standard e de carregamento rápido, possibilitando uma recarga de 80% da bateria em apenas 30 minutos, que permitirão um abastecimento durante uma ida regular às compras. Desta forma, o compromisso ambiental alia-se a um reforço da conveniência oferecida aos clientes.

Apoiado institucionalmente pelo Ministério do Ambiente e da Ação Climática, este compromisso reforça o empenho do Lidl na contribuição para uma mobilidade mais amiga do ambiente, num momento em que o país tem vindo a fortalecer o seu objetivio de atingir a neutralidade carbónica até 2050.

A expansão deste projeto teve início em junho de 2020 e, indo ao encontro do compromisso assumido com as iniciativas da Lisboa Capital Verde 2020, Lisboa foi o local escolhido para o arranque do crescimento desta rede, seguindo-se, a zona do Alentejo e Algarve, fazendo a ligação ao sul e a Espanha. O norte e centro do país foram também contemplados com postos de carregamento elétricos, garantido a ligação e a autonomia suficiente entre postos. De recordar que que o Lidl já dispunha, desde 2017, de três lojas com este sistema de carregamento elétrico, nomeadamente, Cascais-Abóboda, Loures-Sacavém e Matosinhos-S. Mamede de Infesta.

Publicidade

Mercadona

Mercadona reduz o consumo energético em 39,7 milhões de kwh em 2019 e 2020

Ocean Cleanup e The Coca-Cola Company anunciam nova parceria