in

JMF lança o Colecção Privada DSF Moscatel de Setúbal 2002 – Armagnac

O Colecção Privada DSF Moscatel de Setúbal 2002 – Armagnac é o mais recente vinho de Domingos Soares Franco a chegar ao mercado.

Resultado de vários anos de ensaios, este Moscatel de Setúbal é elaborado com recurso a uma aguardente vínica da região de Armagnac.

Domingos Soares Franco é o mais novo dos dois representantes da sexta geração da família que gere a José Maria da Fonseca e é, para além de vice-presidente, o enólogo principal da empresa. Apesar de assinar todos os vinhos, reservou para si uma coleção especial onde se permite experimentar, inovar e criar novos perfis de vinhos. Com acesso a um enorme campo ampelográfico de castas e a mais de 650 hectares de vinha, Domingos Soares Franco reuniu todas as condições para evoluir também na produção de Moscatel de Setúbal. Em 1998, iniciou cinco anos de ensaios em que, com uvas da mesma vinha, fez vinho com quatro tipos de aguardentes diferentes: uma neutra, outra de origem da região de Cognac, outra de origem da região de Armagnac e um quarto lote com 50% destas últimas.

Após cinco anos de provas, o lote de Armagnac destacou-se pela sua “subtileza, frescura, complexidade e harmonia“. A crítica nacional e internacional tem atribuído, desde o seu lançamento, elevadas notas. Destaque para os 18,4 pontos da Wine Enthusiast, para o Colecção Privada DSF Moscatel de Setúbal Superior Armagnac da colheita 2001.

O Colecção Privada DSF Moscatel de Setúbal Superior 2002 – Armagnac apresenta um PVP recomendado de 24,99 euros.

Publicidade

Herdade do Mouchão aposta em nova distribuidora

Portugueses poupam menos neste Natal