in

Itália vai ter supermercado gerido inteiramente pelos clientes

Bolonha vai tornar-se na primeira cidade italiana a ter um supermercado gerido e administrado inteiramente pelos seus clientes.

Camilla será gerida por voluntários, que também atuarão como parceiros de negócios, clientes, produtores, encarregados de caixas e trabalhadores de armazém, informa o Corriere di Bologna.

O conceito foi configurado pela Alchemilla Gas e Campi Aperti e será lançado logo que o objetivo de 300 parceiros seja alcançado. Outros 300 parceiros serão adicionados ao longo do tempo, para garantir uma margem de segurança. O investimento inicial será de 50.000 euros e a loja estará localizada nos subúrbios de Bolonha.

O novo supermercado distribuirá alimentos através de uma gestão cooperativa em circuito fechado. Somente os membros poderão aceder à Camilla e cada um paga uma quota de cerca de 125 euros, que deverá ser reduzida ao longo do tempo. Há também planos para solicitar o financiamento público e europeu.

Além de uma contribuição financeira adicional de cerca de 160 euros por mês, os membros também devem realizar várias tarefas que contribuem para o funcionamento da loja, tais como relações com os fornecedores, atividades promocionais, gestão de lojas e abastecimento de mercadorias.

Apesar de ser uma novidade em Itália, já existem muitos exemplos deste tipo de supermercados cooperativos na Europa e nos Estados Unidos da América.

Publicidade

Publicidade

Adeus à proposta da Amica de salvar a Fagor

Macy’s encerra mais 11 lojas e dispensa 5.000 funcionários