in

ISQ capacita PME para a digitalização

ISQ

Depois de ter desenvolvido o programa SHIFTo4.0, um projeto que permitiu diagnosticar e apoiar as empresas na criação de um plano de ação que as tornasse mais competitivas no contexto da Economia 4.0, o ISQ lança agora o programa designado de SHIFT2Future.

O objetivo é reforçar a consciencialização das PME para uma economia de nova geração no quadro da Indústria 4.0 e capacitá-las com conhecimento e metodologias que permitam acelerar a sua transformação para a economia digital, deixando-as mais preparadas para enfrentar e ultrapassar os novos desafios inerentes ao novo paradigma económico”, explica Pedro Matias, presidente do ISQ.

Esta é uma iniciativa liderada pelo ISQ em parceria com o IAPMEI, CTCV (Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro), Universidade de Aveiro, Politécnico de Leiria e TECMINHO.

SHIFT2Future

A aplicação nas empresas da ferramenta SHIFTo4.0 veio demonstrar a necessidade de haver um esforço nacional, continuado, no que respeita à sensibilização das empresas para o paradigma da Indústria 4.0 (i4.0); uma ação concertada na capacitação de pessoas (com vista ao aumento de conhecimento tanto ao nível da gestão como ao nível técnico das empresas); a disponibilização de ferramentas facilitadoras de endogeneização de conhecimento e ainda o reforço da capacidade de apoio às PME na implementação de soluções i4.0.

Assim, o SHIFT2Future surge para dar resposta a estas necessidades e, desta forma, contribuir para acelerar a transição das PME para a Economia i4.0. “No fundo, vai gerar conhecimento com ações de sensibilização e capacitação, bem como desenvolvimento de ferramentas adaptadas (software, aplicações visuais) a sectores de atividade, sensibilizando os vários níveis na empresa (desde o topo à base)”, complementa Pedro Matias.

O SHIFT2Futurevai incidir em PME (cerca de 300) de 10 sectores de atividade (desde o IOT a agroalimentar) nas regiões Norte, Centro e Alentejo, abarcando assim alguns sectores não analisados anteriormente no SHIFTo4.0. O programa iniciar-se-á em setembro e terá uma duração de 24 meses.

O SHIFT2Futureé, sem dúvida, uma iniciativa da maior relevância na sensibilização e capacitação das PME para a i4.0, logo para o seu futuro, e está muito alinhado com aquilo que Portugal e a Europa têm vindo a fazer no quadro da transição digital e do Programa Portugal Digital lançado pelo Ministério da Economia e da Transição Digital que apela a uma grande transformação a nível das Pessoas, das Empresas e do Estado”, conclui Pedro Matias.

Desemprego

6,3% dos portugueses receiam perder o seu emprego

Geração Z

Conheça os Zoomers, os novos agentes de mudança