in

Intermarché e Bricomarché vendem material de proteção contra a Covid-19 a preço de custo

As lojas Intermarché e Bricomarché têm à venda material de proteção contra a Covid-19, “sem qualquer benefício e sem qualquer lucro para as insígnias“, declaram, em comunicado, as insígnias. Os produtos que estão à venda incluem máscaras, gel desinfetante, luvas e viseiras.

Perante as novas regras, que impõe o uso de material de proteção individual, as lojas Intermarché e Bricomarché disponibilizam todos os materiais necessários para garantir o bem-estar e a segurança dos portugueses, ao colocar estes bens essenciais à venda sem benefício e sem qualquer lucro para as insígnias.

 

Meio milhão para o SNS

A medida agora anunciada acontece depois de, no mês passado, o Grupo Os Mosqueteiros ter doado meio milhão de euros ao Serviço Nacional de Saúde, de forma a dotar os hospitais com os materiais necessários para o combate à pandemia em Portugal. Com esta doação, o grupo pretendeu ajudar a suprimir as necessidades dos profissionais da linha da frente no que diz respeito a equipamentos de proteção individual e material médico.

Faz parte da nossa forma de estar em sociedade estarmos atentos e envolvermo-nos com a comunidade local e nacional. Quando a pandemia chegou a Portugal, quisemos apoiar todos os que estão nas várias frentes desta batalha. Agora, sentimos que, para regressarmos à normalidade possível, é necessário dar às populações aquilo que mais precisam para um regresso em segurança. O apoio e a solidariedade do Grupo Os Mosqueteiros para com a população é, novamente, visível com a disponibilização de material de proteção individual contra o vírus nas suas lojas Intermarché e Bricomarché. A venda deste material acontece sem qualquer tipo de lucro para a loja que está a intermediar a venda. A nossa missão é servir o melhor possível a comunidade,” refere Pedro Subtil, administrador do Grupo Os Mosqueteiros.

Publicidade

Fnac

Fnac reabre todas as lojas

Jerónimo Martins

Lucros da Jerónimo Martins descem 43,8%