in

HUUB anuncia investimento de dois milhões de euros para criar a Amazon do mundo da moda

Até 2020, a HUUB prevê investir cerca de dois milhões de euros para escalar a sua plataforma. O plano, totalmente direcionado ao desenvolvimento tecnológico, prevê a contratação de 30 novos colaboradores para os departamentos “tech” e o reforço de parcerias junto dos gigantes tecnológicos Google e Amazon.

Entre os novos profissionais tech, a HUUB procura sobretudo recrutar não só na área de engenharia, em posições como Software Engineers, Frontend e Backend Engineers, mas também nos verticais de produto, com posições em aberto como Product Managers, da infraestrutura dos dados com Data Engineers e ainda reforçar o braço de inteligência artificial com Data Scientists. Um vasto leque de contratações que têm como alvo não só o talento nacional, mas também o mercado internacional.

O desafio passa por colocar todo o talento dos atuais e futuros colaboradores alocados aos serviços “core” da empresa, permitindo às equipas um contacto e influência direta nos vários produtos tecnológicos que integram o Spoke, a plataforma de gestão de cadeia de abastecimento “fashion” criada pela startup.

Com este investimento, a HUUB anuncia que pretende tornar-se na Amazon do mundo da moda. Tal como a gigante digital, o foco está na criação e desenvolvimento do conceito de plataforma, assente num conjunto de produtos tecnológicos ligados, mas independentes entre si, graças à implementação de uma arquitetura de micro serviços que irá permitir escalar a solução.

Aliado aos desenvolvimentos próprios da plataforma, a startup vai também alargar a sua rede de integrações, que já conta neste momento com “players” como o Shopify ou a Maersk, e, assim, dar resposta às necessidades das suas marcas de moda desde a produção ao envio final. Desta forma, a HUUB pretende centralizar e gerir a totalidade do fluxo físico e de dados, com o objetivo de otimizar todos os processos e acelerar o crescimento.

Para além das 30 contratações anunciadas, o investimento será também alocado ao reforço dos recursos de apoio às equipas que irão acomodar e assegurar o futuro tecnológico da HUUB: soluções cloud como a Amazon Web Services e a Google Cloud Platform. Ambas serão responsáveis por alavancar os desafios de um crescente número de transações dentro da plataforma, mas também responder a modelos de inteligência artificial cada vez mais complexos.

Recorde-se que, em maio deste ano, a empresa portuguesa “levantou” uma ronda de 1,5 milhões de euros, junto da gigante da logística Maersk, concluindo a sua fase de investimento “seed” com um total de 4,35 milhões angariados.

A HUUB é uma startup tecnológica que assegura toda a cadeia de abastecimento de marcas de moda e que lhes dá visibilidade e apoio em todo o processo através da sua plataforma Spoke.

Portugueses preocupados com nutrição e dieta

Vinhos do Tejo surpreendem na crítica internacional