in

Huawei lidera mercado de smartphones em Portugal em maio

A Huawei alcançou no mês de maio a primeira posição do ranking das marcas de smartphones mais vendidos em Portugal, pela primeira vez.

Michael Mao, responsável pela Huawei Consumer BG em Portugal, afirma que “este é um marco importante na história da Huawei no mercado português”.

Nos últimos anos, a Huawei tem apresentado crescimentos significativos nos mercados globais e locais. Continua a apresentar uma performance acima do comportamento do mercado, com as vendas de smartphones a aumentarem 32% no primeiro semestre de 2018 face ao ano anterior, o que corresponde a um crescimento em valor de 52%. Para 2018, o objetivo é manter a trajetória de crescimento que tem vindo a ser realizada nos últimos anos, atingindo a liderança no mercado de smartphones em Portugal.  “Para tal, continuamos a inovar com tecnologia relevante para os consumidores, como, por exemplo, o sistema avançado de fotografia através da parceria com a Leica, a inteligência artificial, a bateria e a performance nos equipamentos”, refere Michael Mao. “É crítico que, além da tecnologia, possamos continuar a oferecer a melhor experiência ao consumidor no ponto de venda e através dos nossos centros Huawei em Lisboa e Porto”.

A constante inovação que todos os anos a Huawei tem desenvolvido reflete-se nos produtos introduzidos no mercado, desde o P9 com uma câmara dupla Leica e agora com o P20 Pro, o primeiro smartphone com câmara tripla Leica e também com inteligência artificial (AI). “A série P20 marca uma nova geração de smartphones e representa o sistema de fotografia mais avançado através da parceria com a Leica, combinando com inteligência artificvial e uma ultra performance de bateria. Por estas e muitas outras razões, as vendas dos nossos flagships registaram um crescimento de 130% no primeiro semestre deste ano, quando comparado com igual período do ano anterior”.

O Huawei P20 Pro, um equipamento da nova era de smartphones, chamados “intelligence phones”, chegou às lojas no passado dia 12 de abril e bateu recordes de pré-venda em Portugal. De acordo com Michael Mao,  “até ao momento as vendas excederam as expectativas da marca, que já eram bastante elevadas”.

Publicidade

Publicidade

Portugueses tencionam gastar com férias o valor mais baixo dos últimos 5 anos

STEF atinge os 797 milhões de euros no 2.º trimestre