in

Grupo Casino vende novos ativos no valor de 2 milhões de euros

O Conselho de Administração do Grupo Casino aprovou a venda de ativos no valor de 2.000 milhões de euros até o final do primeiro trimestre de 2021. Segundo a empresa, “completa o seu plano estratégico e acelera a sua execução para focar o seu desenvolvimento em segmentos dinâmicos, adaptados às mudanças do mercado“.

Especificamente, a empresa, que está a realizar um processo de desinvestimento, avançou que irá acentuar o seu posicionamento em formatos como comércio eletrónico, premium e conveniência, enquanto procura uma aceleração em novos negócios “de alto crescimento (energia, dados e publicidade, centros de dados)“. Em questões financeiras, priorizará a geração de fluxos de caixa recorrentes.

Na primeira fase do seu plano de alienação, a empresa contava com ativos avaliados em 2.500 milhões de euros, que serão concluídos no primeiro trimestre de 2020, dos quais 2.100 milhões já foram assinados até o momento.

O Conselho de Administração validou a arbitragem de ativos cuja disposição seria uma fonte de criação de valor. Como resultado, novos ativos foram identificados para um valor alvo de 2.000 milhões de euros, e esta segunda fase do plano de alienação será concluída até o final do primeiro trimestre de 2021“, especifica o Grupo.

Esse processo completa a transformação do modelo de negócios que começou há vários anos. “Assim, o Casino terá na França um conjunto de atividades adaptadas às novas necessidades dos consumidores, que beneficiarão das sinergias acentuadas pela consistência do seu posicionamento“, conclui a empresa.

Novas aberturas da Covirán em Portugal

AliExpress vai abrir a sua primeira loja física em Espanha