in

Groupon vai suprimir 1.100 postos de trabalho

A Groupon vai cortar 1.100 postos de trabalho nas suas operações internacionais e encerrar operações em sete países. Marrocos, Panamá, Filipinas, Porto Rico, Taiwan, Tailândia e Uruguai serão os mercados onde o site de compras coletivas vai deixar de estar presente, depois de no mês passado ter também encerrado operações na Grécia e na Turquia.

Apesar das vendas globais da Groupon Goods terem crescido 12,5% no primeiro semestre, a divisão internacional não cresceu mais que 2,3%. Durante a apresentação dos resultados do segundo trimestre, Eric Lefkofsky, diretor executivo da Groupon, tinha já adiantando que o negócio internacional seria analisado. “O nosso objetivo principal é assegurar que cada país onde estamos presentes esteja a ganhar dinheiro e que é estratégico para o nosso plano a longo prazo”.

O processo de reestruturação da operação internacional deverá estar concluído em setembro de 2016. Os despedimentos irão afetar departamentos como o de apoio ao cliente.

Publicidade

Schweppes investigada por práticas anticoncorrenciais

Empresas de distribuição em Espanha assumem compromisso com o sector do leite